Fiação e Tecelagem São Geraldo Ltda - Orientacoes Empresa

ATENÇÃO !!!!! ALERTA!!!!! RECEBIMENTO DE BOLETOS FALSOS!!!! CUIDADO COM E-MAILS FALSOS!!!!

Com o intuito de nos proteger e proteger nossos clientes, seguem abaixo mais uma vez algumas informações e orientações que podem ajudar a identificar boletos falsos recebidos por e-mails também falsos; mas, salientamos que, não temos condições de listar todas as hipóteses de ocorrências de fraudes e, a responsabilidade sobre o pagamento, continua sendo única e exclusiva de quem realiza o mesmo, pois não temos, logicamente, como realizar tal conferência para cada cliente, principalmente em razão das ocorrências estarem indicando furto de informações junto a banco de dados dos sites governamentais, como e-sped nfe e receitas estaduais:

1) Verificar o endereço do e-mail recebido com o boleto anexado: O e-mail da São Geraldo por exemplo deve ter depois do “@” o "tecelagemsaogeraldo.com.br" que simboliza o domínio da empresa. Por exemplo: cr@tecelagemsaogeraldo.com.br;
2) Verificar se o número do título no boleto e no corpo do e-mail indicado realmente conferem com o número da nota fiscal emitida pela empresa. Exemplo: Número da nota fiscal “73165” e número do boleto “7316502”,normalmente o “02” final no número do boleto é a parcela dois desta nota. Normalmente é assim, mas no caso do e-mail falso, o golpista geralmente não se dá ao trabalho de checar este item;
3) Conferir o vencimento do boleto e do corpo do e-mail com o vencimento da nota fiscal, caso seja diferente é um sinal de fralde;
4) Verificar se o e-mail tem telefone de contato e este confere com o telefone do cadastro da empresa que você possui. Se não existe um número para contato no e-mail é um indício de que algo está errado;
5) O código de barras dos boletos contém informações que ajudam a identificar a veracidade do documento. Por exemplo o boleto pode ter a bandeira do Banco do Brasil e o número do código de barras é do Bradesco. Exemplo: O boleto que recebemos tem a logomarca do Itaú, mas as 3 primeiras linhas do código de barras são 237 que é o código do banco que emite o boleto, ou seja, por ele podemos saber para qual banco vai o pagamento deste boleto. Estes dados de código do banco podem ser encontrados facilmente na internet;
6) Nunca pagar boletos antecipadamente aproveitando supostos descontos de impostos (PIS, COFINS, ICMS, etc.), pois não existem estas previsões na legislação tributária do nosso país;
7) Nunca efetuar pagamento de boletos com desconto que não constam expressamente na nota fiscal correspondente;
8) Nunca efetuar pagamento de boletos que o valor seja diferente e/ou a data de vencimento com o valor da duplicada/parcela apontados no campo FATURA da nossa nota fiscal;
9) Nunca pagar um boleto que já tenha sido pago anteriormente, mesmo que venha junto com uma notificação cartorária de apontamento de título junto ao cartório de protestos;
10) No ato do pagamento, conferir se o código de barras lido no documento, por scanner, celular ou outro dispositivo, que é transformado em seguida em código numérico na tela do internet banking, é o mesmo que está indicado na própria boleta;
11) E principalmente, em caso de qualquer dúvida ou suspeita sobre uma cobrança da nossa empresa, ou mesmo, qualquer ocorrência das hipóteses acimas apontadas, entrar em contato imediatamente, antes de efetuar o pagamento, com nosso setor de contas a receber pelo telefone (31) 3368-8000 para confirmar a veracidade da mesma. Ressalte-se que, nunca pelo telefone ou pelo endereço eletrônico que consta eventualmente no corpo do e-mail suspeito ou do boleto recebido anexado a ele.
12) Lembramos que qualquer informação sobre pagamentos, descontos e boletos serão sempre enviados por nosso setor de contas a receber via e-mail: cr@tecelagemsaogeraldo.com.br
13) Mas, infelizmente, caso venha a efetuar algum pagamento de boleto falso, a sugestão é entrar em contato imediatamente com o banco pagador e solicitar o estorno do valor, conforme comunicado da própria FEBRABAN FB-119/2014; e, posteriormente, noticiar o fato criminoso ocorrido numa delegacia policial mais próxima.
*****